A Arte de Ser Indispensável

Líder e organização no Partido Socialista Português

Autor:   

 

 

 
Este estudo examina o papel dos líderes nas organizações partidárias das democracias recentes. Os partidos que emergiram depois da “terceira vaga” de transições caracterizam-se, em geral, pela prioridade atribuída à competição eleitoral, pela importância assumida pelos meios de comunicação de massas, e por ligações débeis com a sociedade civil. É a partir destas considerações que é analisada a relação entre o papel desempenhado pelo líder e a organização partidária, utilizando como estudo de caso a evolução do Partido Socialista português entre 1976 e 2006. A interacção entre os líderes e a estrutura organizativa evidencia a importância da autonomia dos secretários-gerais não apenas na fase de formação mas também no período de consolidação. Através da análise de cinco dimensões-chave do funcionamento dos partidos - a organização extra-parlamentar, a coligação dominante, a base militante, a comunicação eleitoral e, finalmente, o financiamento -, esta análise contribui para uma compreensão aprofundada do PS e dos partidos políticos das democracias recentes.

Marco Lisi - Investigador de pós-doutoramento no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e na Ohio State University. Mestre em ciência política pelo ISCTE e doutorado na mesma área pela Universidade de Florença. Desenvolveu actividade de investigação sobre partidos políticos, sistemas de partidos e comportamento eleitoral.

  • 148 pp.

Preço de Capa: €22.00
Nosso Preço: €19.80
Poupe: 10% menos

Adicionar ao Carrinho de Compras:

ISBN: 978-972-671-241-1
Publicado: 2009-07-01




INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS - UNIVERSIDADE DE LISBOA
Avenida Professor Aníbal de Bettencourt, 9 1600-189 LISBOA Telef: 217 804 700 - Fax: 217 940 274 Política de Privacidade