Os Portugueses e os Novos Riscos


 

 

 
Este trabalho, desenvolvido no quadro do programa OBSERVA do ICS e do ISCTE, serve para melhor compreender a relação entre a nossa sociedade e os novos riscos — ambientais, de saúde publica e alimentares —, assim como as implicações das controvérsias na forma como os riscos são definidos, avaliados e geridos. Para o efeito, foram seleccionados três casos emblemáticos ocorridos recentemente em Portugal: o surto da BSE, a polémica em torno da co-incineração de resíduos industriais e o caso da gestão do urânio empobrecido. O Livro analisa os processos de identificação dos riscos por parte das populações e discute o papel exercido por peritos, políticos, agentes económicos e pelos media. Quem maximizou e quem minimizou a importância desses riscos? Como foram demarcadas as fronteiras entre a ciência e a política? Quem participou na avaliação e na gestão dos riscos? Quem definiu as estratégias acordadas? E, no final de contas, as instituições que se viram envolvidas nestes processos souberam extrair as devidas lições das experiências?

Maria Eduarda Gonçalves
Investigadora. Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa

  • 297 pp.

Preço de Capa: €20.50
Nosso Preço: €18.45
Poupe: 10% menos

Adicionar ao Carrinho de Compras:

ISBN: 978-972-671-205-3
Publicado: 2007-12-01




INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS - UNIVERSIDADE DE LISBOA
Avenida Professor Aníbal de Bettencourt, 9 1600-189 LISBOA Telef: 217 804 700 - Fax: 217 940 274 Política de Privacidade